Foto: TV Globo / Matheus Cabral / Divulgação
Depois de ter sobrevivido ao naufrágio, Max (Marcello Novaes), vai até a chácara de Vargem Grande para resgatar as fotos comprometedoras dele com Carminha (Adriana Esteves) que estão enterradas lá. Ele consegue encontrar e, em posse delas, volta à mansão de Tufão (Murilo Benício) onde todos estão chorando por sua morte, já que a polícia encontrou o barco afundado, porém sem nenhum corpo dentro.

Ivana (Letícia Isnard) é a mais inconsolável dentro da mansão, e chora por não ter tido a oportunidade de enterrar dignamente seu marido.

“E pior é que eu não vou nem poder enterrar o meu marido! Não vou poder me despedir dele! (…) O Max era animado! Ele era tão alegre! Tirando uma hora ou outra que ele ficava maluco, ele tava sempre sorrindo, sempre brincando, né, mamãe?! Ele era bom marido, era bom genro, quantas vezes eu não chegava do salão e ele tava aí jogando buraco com a mamãe, tomando o uisquinho dele, bonzinho, meu bebezão!”

Todos conversavam sobre a tragédia até que Zezé (Cacau Protasio) entra esbaforida pela porta dizendo que Max estava ali. Quando a família o viu entrando pela porta principal, ficou em estado de choque enquanto Ivana correu para os braços de seu amado. Muricy (Eliane Giardini) questiona o que aconteceu e ele logo inventa explicação:

“Aconteceu que meu barco bateu numa pedra, abriu um rombo no casco, entendeu, a lancha afundou, eu fiquei ali, só agarrado no salva-vidas umas dez horas. Achei que ia morrer, mas aí no meio da noite eu ouvi um barulho, era um barco de pescador, eles me salvaram. Me levaram até Niterói, mas eu tava sem dinheiro, sem celular, nem nada, por isso que eu só consegui chegar agora.”

Leia também:  Resumo de novelas desta sexta-feira (08)

Impressionados, Leleco (Marcos Caruso) chega até a brincar dizendo que os dias de ‘bem bom’ de Max na piscina serviram de algo, para que ele sobrevivesse em alto mar. O sogro chega ainda a questionar se ele não acha que alguém poderia ter sabotado sua lancha e ele nega. É neste instante que Carminha entra falando e dá de cara com seu ex-amante e quase tem um infarto. Tufão pergunta a ela o que está acontecendo e Max completa:

“Pois é, Carminha! Também tô estranhando, achei que você ia ficar feliz em me ver aqui, vivinho da silva. Não tá, não? Eu tava aqui justamente contando pra eles como é que eu sobrevivi, Carminha: eu nadei, nadei, nadei e não morri na praia. Cê não tá feliz?”

Sem jeito, ela diz que está muito feliz e ele continua dizer que foi um verdadeiro milagre. Para provocar ainda mais sua rival, ele diz que depois de olhar para os olhos da morte (falando olhando para os olhos de Carminha) as pessoas mudam completamente e começam a pensar em reparar os erros. A megera, por sua vez, fica completamente perplexa e com medo. Apesar de muito mistério, Max ainda não revela os segredos. Ele ainda pede à ex-amante que prepare um gim com tônica que só ela sabe fazer.

Leia também:  Resumo de novelas desta quinta-feira (14)

Max vai para seu quarto descansar, Carminha finge que vai para o dela e se encontra com seu ex-parceiro no quarto dele. Ela já chega pedindo desculpas.

“Calma, Max, em vim em missão de paz! Me dá mais uma chance! Olha, eu tenho como te arrumar uma grana boa, dinheiro alto, acredita em mim! (…) Por favor, Max, eu tô te pedindo uma última chance! (…) Eu sei! Eu fiz uma coisa horrível! Mas eu me arrependi! Eu fiquei tão feliz quando eu te vi aqui na sala, vivo!”

Ele tira sarro dela como se estivesse comovido:

“Que fofa que você é! Que coração bom! O ser humano sempre surpreende, né? Você pensando mal da pessoa, só porque ela tentou te matar, aí ela vem e diz que tá arrependida! Acho até que eu vou chorar! Que que você vai me propor agora? Vai voltar com aquele papinho de morar no caribe, comprar um cachorro, adotar umas criancinhas loirinhas, começar do zero?! Não, eu fui muito idiota de acreditar nas merdas que você falou! O último dos otários! Aliás, otário eu fui esses anos todos, aqui, fazendo tudo direitinho, esperando, esperando, esperando.”

Carminha continua pedindo mais uma chance ao ex-amante que finge que vai pensar. Ela vai para o quarto, Max desce para almoçar com a família de Tufão e Jorginho (Cauã Reymond) chega para ver o ‘circo pegar fogo’. Ele, então, pergunta sobre a mãe, é avisado que ela está no quarto e sobe para provocá-la. O rapaz pergunta a ela se está com medo depois que seu ex ‘ressuscitou’ e afirma que ele não tem provas de nada.

Leia também:  Resumo de novelas desta sexta-feira (15)

“Sabe por que o Max veio aqui, Carminha? Pra te detonar. A Nina teve lá na mãe Lucinda. Ela confirmou que o Max tá cheio de ódio, ele quer se vingar de você!”

Gelada a megera escuta as palavras do filho e quando ele deixa o quarto, ela sai pela janela. Max sobe até o quarto e a flagra já correndo pelo jardim. O vilão sai pelo mesmo lugar agarra ela e Carminha pede clemência, mas ele a pega, amordaça e tranca dentro do canil da mansão, onde ela se debate tanto que se machuca e fica sangrando. Em seguida, vai até o portão pegar uma encomenda com um taxista e entrega nas mãos de Ivana e vai saindo em direção ao portão.

Ao mesmo tempo, Carminha consegue tirar a mordaça da boca, começa a gritar, todas as pessoas saem a mansão e Leleco encontra Carminha no canil Ele a tira de lá, a megera tenta fugir, mas é impedida. Ivana começa a gritar quando vê as fotos de seu marido transando com a cunhada e o sogro leva a nora arrastada até onde a filha está. Neste momento ela já pressupõe o que está acontecendo.

Quando Muricy vê as fotos passa mal e Tufão fica completamente transtornado e grita:

“Então é verdade… Você e o Max?! Você e o Max, Carminha?!”

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.