Representantes de entidades e de bares, restaurantes e hotéis do município e autoridades políticas se reuniram na manhã deste domingo (02), juntamente com o secretário adjunto da Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo Fifa 2014 (Secopa), Darci Lovato, e o secretário adjunto de Turismo do Estado, Jairo Pradela para observar as possibilidade de Rondonópolis se tornar um Centro de Treinamento das Seleções.

Lovato relatou que foram reabertas as inscrições para que os municípios interessados se inscrevam para receberem as seleções dias antes dos jogos e que Rondonópolis tem fatores favoráveis para participar do processo de escolha, como por exemplo, a qualidade dos hotéis, estrutura dos centros de treinamentos, aeroporto e a distância de Cuiabá, umas das sub-sedes da Copa.

Leia também:  A receita para um equilíbrio financeiro e uma vida mais tranquila

O secretário adjunto de Turismo do Estado, Jairo Pradela, ressaltou que a expectativa é que o Estado receba pelo menos 80 mil turistas em virtude da Copa 2014, além das pessoas que estarão a trabalho e essa é a oportunidade para fomentar o turismo local.

O prefeito Ananias Filho afirmou que é parceiro no processo para escolha do município como Centro de Seleções, mas que necessita da ajuda da Secopa, no que tange a infraestrutura, para que a cidade tenha condições de receber os times.

Os empresários e representantes que participaram da reunião concordaram que está na hora de todos se mobilizarem e venderem a imagem de Rondonópolis como um dos possíveis Centros de Seleções para Copa de 2014, pois o município tem muito potencial para tal.

Leia também:  Incêndio na Biblioteca Municipal de Rondonópolis
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.