A cobertura da rede de esgoto em Mato Grosso atingiu 20,3% dos domicílios mato-grossenses avaliados, até o ano passado, na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta sexta-feira. Isso significa que das 990 mil casas avaliadas, 201 mil estão ligadas à rede. Em 2009, a pesquisa analisou 995 mil residências e, a rede de esgoto atingia 11,1% delas.
Nacionalmente, a cobertura do serviço de esgoto atingiu 33,6 milhões de domicílios. Cerca de 54,9% dos 61,2 milhões identificados pelo IBGE. Em 2009, os números apontavam que a rede de esgoto atingia 52,5% das residências, o que em número absolutos significou 30,7 milhões de casas.
A pesquisa detalha, também, a quantidade de fossas sépticas que estão ligadas à rede coletora e, em Mato Grosso, o percentual de abrangência é de 3,1%, o que corresponde a aproximadamente 31 mil domicílios dos 990 mil pesquisados. No país, a cobertura é de 7,7%, equivalente a 4,6 milhões de propriedades.
A pesquisa consiste em apontar a situação domiciliar em cada região, abrangendo características como anos de estudos, idades, trabalho, rendimento mensal, categoria de emprego, entre outros.

Leia também:  Dupla foragida da Justiça é presa em MT
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.