Os principais pontos turísticos do Parque nacional de Chapada dos Guimarães permanecem fechados por conta do incêndio que atingiu a reserva durante oito dias. De acordo com a administração do parque, o Morro de São Jerônimo, Circuito das Cachoeiras e a cachoeira Véu de Noiva devem continuar sem receber a visita dos turistas até que o prejuízo causado pelo incêndio seja calculado e reparado.

Sandro Benevides do Carmo, que atua na gerência do fogo do parque, afirmou que antes do parque ser reaberto, as atrações vão passar por uma vistoria. “Vamos verificar o estado das trilhas e também se alguma estrutura de passagem ou ponte foi danificada”, explicou.

Ainda segundo ele, a entrada de turistas em alguns pontos do parque só será permitida depois que os reparos nas estruturas atingidas pelo fogo sejam feitos. “Se for necessário, faremos a manutenção. Só vamos liberar a visitação quando houver segurança”, garantiu.

Leia também:  Prazo para alistamento militar de 2017 vai até 30 de junho

A previsão é de que a visitação seja retomada na quarta-feira (19). “Essa avaliação completa deve ser feita entre hoje e amanhã [segunda e terça-feira]. Depois disso o parque deve ser reaberto”, afirmou Benevides.

Incêndio

O incêndio que consumiu uma área equivalente a três mil campos de futebol durante oito dias foi controlado neste domingo (16) pelos brigadistas e bombeiros que atuaram no combate ao fogo.  O incêndio começou no dia 7 de setembro e atingiu áreas que ficam no entorno do parque. Cerca de quatro dias depois, o fogo avançou para dentro do Parque Nacional de Chapada dos Guimarães.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.