O presidente da Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Rondonópolis (ACIR), Edson Ferreira, e o diretor executivo de Comércio, Luiz Fernando Homem de Carvalho, estiveram nesta semana na Assembléia Legislativa de Mato Grosso e pediram apoio aos deputados na solução de problemas junto à Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) e governo do Estado.

Os representantes da entidade solicitaram a ampliação do teto do Super Simples Estadual de R$ 1.800.000,00 para R$ 3.600.000,00, ou ainda que seja elevado para 75% do valor do teto máximo, chegando a R$ 2.700.000,00, caso a primeira proposta não seja possível.

Outra solicitação apresentada foi a substituição tributária para as micro e pequenas empresas de Mato Grosso. De acordo com as novas medidas da Sefaz, através da publicação de decretos, a carga tributária tem saído dos 7,5% para até 25% para este setor. “Com essas medidas adotadas pela Sefaz o governo de Mato Grosso está acabando com o Super Simples no Estado”, ressaltou o presidente da ACIR.

Leia também:  Marketing de B.A.T.O.M lota auditório e alerta mulheres empresárias

Para o diretor de Comércio, se o governo insistir no aumento vai inviabilizar a continuidade das micro e pequenas empresas do Estado. “Não concordamos e não vamos aceitar que essa elevação continue. Estamos consultando o departamento jurídico da ACIR para saber o que podemos fazer e vamos reunir governador e deputados para cobrar a mudança”, externou.

O deputado José Riva se mostrou sensível às reivindicações e solicitou o empenho dos demais deputados e o agendamento de uma nova reunião com o secretário de Estado de Fazenda, Marcel de Cursi, e com o governador do Estado, Silval Barbosa, para que juntos possam encontrar uma solução para a crise que está sendo gerada no Estado pela Sefaz.

O presidente da ACIR, Edson Ferreira, ressaltou a responsabilidade dos deputados estaduais com relação às questões apresentadas e disse que a Assembléia Legislativa não pode deixar a classe empresarial, “motor da economia de Mato Grosso”, desprotegida como está. “Pedimos aos deputados estaduais de nosso Estado que nos dêem bons presentes neste final de 2012, através de leis que possam facilitar a vida do empresariado mato grossense”, pontuou.

Leia também:  CDL Rondonópolis realiza sorteio dos prêmios do Liquidaqui 2017

Também participaram da reunião o presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado de Mato Grosso (Facmat), Jonas Alves de Souza, os deputados Sebastião Machado Rezende, J. Barreto, Nininho, mais nove deputados de outras regiões do Estado e os presidentes das Associações Comerciais e Empresariais de Tangará da Serra, Primavera do Leste, Campo Verde, Nova Mutum, Sinop e Sorriso.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.