A Polícia Judiciária Civil de Rondonópolis indiciou no último dia 29 a advogada Chistiane Oliveira Heitor de Mendonça como suspeita de mandar matar o médico e ex-prefeito de Pedra Preta Nelson Dias de Moraes, 63. Chistiane é ex-nora do médico.

Nelson foi alvejado por dois disparos de arma de fogo na noite de 04 de maio de 2012 por dois indivíduos que estavam em uma motocicleta. Eles não anunciaram roubo e não levaram qualquer objeto da vítima.

Também foram indiciados como suspeitos Arquimedes Felipe Lisboa Ribeiro, Caio Cesar Martins Borges, Juscelino Lira de Oliveira, Patrick Thainan Marcelino da Glória e Douglas Souza Sales. Arquimedes Felipe teria sido contratado pelo sogro Juscelino Lira para realizar o crime e  este teria contratado Caio e Douglas para realizar o atentado. Patrick foi indiciado por ser o dono da pistola 7.65mm usada no crime.

Leia também:  Bairro Seguro | 160 pessoas são detidas por crimes durante operação em Mato Grosso

Alguns autores desta tentativa são investigados por participação em um homicídio que corre em segredo de justiça.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.