Uma turma de 42 estudantes do primeiro ano do ensino médio está tendo suas entradas e saídas monitoradas através de um chip fixado no uniforme. O fato que ocorre no Centro de Ensino Médio (CEM) 414 de Samambaia, cidade do Distrito Federal (DF) localizada a cerca de 40 quilômetros da área central de Brasília faz parte de um projeto piloto que está em funcionamento desde 22 de outubro.

As informações do chip são enviadas por uma mensagem no celular dos pais ou responsáveis pelos alunos, informando o horário de entrada e saída da escola. A medida foi tomada para aumentar a permanência dos alunos nas salas de aula. O mesmo sistema já é utilizado em uma escola em Vitória da Conquista.

Leia também:  Os votos de Bezerra e Garcia no caso Temer
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.