Alex é apresentado no Coritiba, e a torcida vai ao delírio com a volta do ídolo (Foto: Joka Madruga / Ag. Estado)

A expectativa da torcida do Coritiba acabou em grande estilo na tarde desta quinta-feira. Alex, o “Menino de Ouro”, foi apresentado no Couto Pereira e vestiu a camisa coxa-branca número 20 após 15 anos longe do clube que o revelou. O contrato do jogador é de dois anos.

Alex chegou de helicóptero ao estádio e fez a festa de mais de 10 mil torcedores (registrados pelas catracas), em pleno horário de expediente. Faixas e homenagens emocionaram o jogador, que deve voltar a jogar pelo Coxa no ano que vem.

O principal assunto em sua primeira entrevista com a camisa do Coritiba foi a disputa de Palmeiras e Cruzeiro em sua contratação. Alex contou que o contato com o Coxa já hávia começado há dois anos e que por respeito aos clubes onde atuou, ouviu as propostas, mas já tinha decidido jogar pelo clube paranaense.

– Eu sempre estive certo que o Coritiba seria a minha escolha. Por consideração, eu conversei com pessoas ligadas a Cruzeiro e Palmeiras, para não deixá-las sem resposta. Mas aqui é o meu lugar. Não foi uma conversa que começou agora. É uma conversa que eu já tenho desde 2011, um papo que já vem há dois anos. Agora, tudo isso culmina com o meu retorno.

Leia também:  Projeto Mais Esporte, Mais Cidadania é lançado oficialmente em Rondonópolis

Alex ainda lembrou que a pressão da família teve um papel importante na escolha, principalmente da esposa, que queria ficar próxima da cidade natal. No entanto, o craque lembrou que a organização e o projeto construído pela diretoria alviverde se tornaram o principal atrativo.
O objetivo é ser campeão, conquistar algum título nacional e fazer história com o Coritiba”
Alex

– A organização foi o maior diferencial. Se o clube estivesse uma bagunça, como na década de 90, eu não iria escolher o Coritiba. Mesmo com toda a paixão e carinho que eu sinto pelo clube. Na questão administrativa e de organização, não vejo o Coritiba perder para ninguém.

Questionado sobre qual é o principal objetivo nas próximas duas temporadas, um torcedor se adiantou ao craque e gritou: “É ganhar o Campeonato Brasileiro do ano que vem”. Ele acertou. Além de títulos, Alex quer passar a experiência dele aos jogadores mais jovens do Alto da Glória.

Leia também:  Cuiabá Arsenal faz vaquinha para viajar à semifinal no Nordeste

– Acho que o torcedor respondeu corretamente. O objetivo é ser campeão, conquistar algum título nacional e fazer história com o Coritiba. Hoje sou um torcedor privilegiado, que pode vestir a camisa e ir ao campo ajudar. Além de ajudar em campo, eu quero poder passar a minha experiência aos mais jovens. Eu conversei com o Deivid e o Lincoln e sei que eles já estão fazendo isso com o grupo, mas quero ajudar neste sentido também.

Primeiros passos no Coritiba começam na segunda-feira

Ansioso pela estreia na próxima temporada, Alex inicia os trabalhos na segunda-feira. O primeiro passo será realizar uma análise com o departamento físico.

Como o jogador só pode atuar em 2013, deve treinar para manter a forma física,. Além disso, destacou Alex, vai aproveitar os dois meses para colocar a vida em ordem no Brasil, depois de oito anos na Turquia.

Leia também:  1º Campeonato de Futebol Amador está com inscrições abertas até segunda

– A minha preocupação é ajeitar minha vida fora, minha casa, procurar uma escola para os meus filhos, acertar a minha condição física com o departamento do Coritiba. São dois meses em que vou tentar absorver o máximo, para que em janeiro esteja à disposição do clube.

A primeira disputa de Alex como jogador coxa-branca será o Campeonato Paranaense, em que o Coritiba tentará o tetracampeonato – um feito que não acontece desde 1974. Logo após, o atleta mira a Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro. Um sonho do clube paranaense é se classificar para a disputa da Taça Libertadores da América de 2014.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.