Buscar melhorias para o seguimento cultural este é o objetivo do Primavera Cultural que reunirá os artistas, às 19h no Casario, para discutir o  cumprimento de direitos já garantidos em lei para o segmento. Os três candidatos a prefeito foram convidados para que possam expor as propostas para a categoria.

O músico Max Ferraz, presidente do Conselho Municipal de Cultura, explicou que infelizmente o município não avança na questão cultural por falta de iniciativa e atenção dos gestores que passaram pela prefeitura, “perdemos recursos que poderiam ser aplicados na área da cultura, em razão da falta da Secretaria de Cultura”.

Max argumentou que o evento é uma forma dos artistas reivindicarem o cumprimento de direitos já garantidos em lei para o segmento, a execução  do plano nacional de cultura, para que novos artistas possam ser formados e eventos culturais sejam fomentados.

Leia também:  Audiência Pública debate Justiça restaurativa em Rondonópolis

“A constituição rege que o Estado deve garantir o direito a bens culturais. É um direito da população o acesso a cultura”, concluiu Max e relatou que as propostas apresentada no Primavera Cultural farão parte de uma Carta Aberta que será entregue ao próximo prefeito.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.