O deputado estadual Hermínio J. Barreto (PR) não aceitou assumir a liderança do governo na Assembleia Legislativa, já que ele havia sido convidado após Romoaldo Júnior (PMDB) ter decidido abrir mão da liderança e permanecer como 1º vice-presidente do Parlamento Estadual.

J. Barreto, que chegou a conversar com o governador Silval Barbosa a respeito da indicação dele para líder do governo, também manteve contatos com os demais deputados e uma das condições colocadas por ele, diz respeito à possibilidade de atender aos parlamentares em suas reivindicações, o que tem se tornado o suplício de Romoaldo Júnior e deverá permanecer na liderança de quem assumir a função.

O que não falta entre os deputados estaduais aliados são reclamações sobre o tratamento dispensado por secretários para eles e a falta de solução para uma série de problemas, sendo que tudo isto acabou ainda mais potencializado pelas eleições e pelos resultados desfavoráveis para alguns.

Leia também:  Ex-prefeito de Diamantino é condenado por nepotismo
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.