Cáceres berço das diversidades

Por Antonio Azambuja

A 222 quilômetros de Cuiabá pulsa o coração pantaneiro, lá está o município de Cáceres, na região Oeste de Mato Grosso. Região da qual tenho orgulho de defender e fazer parte.

No último dia seis de outubro, Cáceres completou 234 anos de puro orgulho para os mato-grossenses, cidade cheia luz e encantos naturais, terra de um povo alegre e hospitaleiro. Tenho orgulho de representar essa gente.

O município se destaca no turismo histórico e esportivo, situado numa das regiões mais privilegiadas do Pantanal Mato-grossense e ostenta uma das maiores potencialidades turísticas do Estado. Fico deslumbrado com a grandiosidade da beleza do Rio Paraguai e seus afluentes, que possibilitam  e engrandecem a pesca esportiva.

Leia também:  O exercício da Fraternidade Ecumênica

Sem falar que Cáceres é palco de um evento mundialmente conhecido o “Festival Internacional de Pesca (FIP)”, registrado no Guinness Book como o maior campeonato de pesca do mundo em águas fluviais.

A tão prendada cidade de Cáceres também desenvolve turismo voltado ao ecoturismo, passeios em cachoeiras, grutas e cavernas e conta com fazendas históricas e hotéis que revelam o passado e o encanto da região.

Como deputado estadual, tenho trabalho para contribuir com o crescimento e desenvolvimento socioeconômico deste município, geração de empregos e qualidade de vida aos cacerenses.  Tenho cobrado do governo do Estado saúde, educação e segurança pública e mais proteção nas fronteiras.

Cáceres merece nossos cuidados e admiração. Parabéns pelos seus 234 anos de emancipação política.

Leia também:  Da soberba vem a vergonha

Em nome de toda a região Oeste do Estado, parabéns Cáceres!

Antonio Azambuja é Graduado em Medicina  em Nova Iguaçu – RJ, Pós-Graduação em Saúde Pública e Medicina Legal e atualmente ocupa o cargo de deputado estadual por Mato Grosso.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.