A Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), foi classificada em primeiro lugar na Chamada Pública de ATER nº 05/2012, divulgada na manhã de segunda-feira (08) pelo Departamento de Assistência Técnica e Extensão Rural (Dater) do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) em Brasília-DF.

A prestação de serviço de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) destina-se aos agricultores e agricultoras familiares em situação de extrema pobreza, com renda inferior a R$ 70,00 por pessoa, no âmbito do Plano Brasil sem Miséria, do Governo Federal.

No total, a Empaer-MT atenderá 2.300 famílias, que receberão orientações e acompanhamento continuado para a construção de um projeto produtivo, além de terem acesso a sementes, insumos e outros recursos de fomento.

Leia também:  Mais de 5 mil espécies de rosa do deserto podem ser adquiridas em feira em Cuiabá

A Chamada Pública foi publicada em julho de 2012 e o atendimento às famílias selecionadas será feito por equipes multidisciplinares, com duração de 24 a 30 meses, começando ainda este ano.

Três territórios que serão contemplados em Mato Grosso pelo lote 18, proposto pela Empaer são Baixo Araguaia (Confresa e Vila Rica); Noroeste (Cotriguaçu, Colniza, Aripuanã, Juruena e Juína) e o Portal da Amazônia (Peixoto de Azevedo, Guarantã do Norte, Paranaita, Terra Nova do Norte, Matupá, Nova Canaã do Norte, Nova Bandeirante e Alta Floresta).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.