Os membros da Comissão de Gestão Democrática da Secretaria Municipal de Educação se reuniram na tarde desta terça-feira (16) com os vereadores para pedir apoio nas alterações da Lei Municipal 128/12 que trata do processo de eleições para os diretores das unidades de educação do município.

Teina Nascimento Lopes, presidente da comissão, argumentou que há falhas de redação na Lei e por essa razão buscam apoio dos parlamentares para que sejam feitas as mudanças necessárias e o processo de escolha dos diretores não sejam impugnado por algum candidato.

A presidente expôs que não há interesse na alteração do teor da lei, mas sim na adequação de artigos, como por exemplo, deixar explicito na lei que o tempo para a habilitação da candidatura se refere a um ano civil e não um ano letivo.

Leia também:  Demolição provoca guerra de vídeos nas redes sociais entre suplente e vereador

O presidente da Câmara Municipal, vereador Helio Pichioni, sugeriu que na próxima terça-feira (23) a comissão, juntamente com a secretária de educação, Marilda Rufino, apresentem as alterações necessárias para serem analisadas na sessão seguinte e o processo eleitoral possa ter continuidade sem complicações.

As eleições dos novos diretores devem ser executadas e concluídas até o mês de dezembro, para que no próximo ano os novos gestores possam assumir as unidades.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.