A ouvidoria do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear), desde que foi criada, em julho deste ano, já conseguiu solucionar 92% das reclamações feitas pela população de Rondonópolis. Entre os principais problemas está a questão da falta de água e vazamentos.

Na casa da mototaxista Deuzita Alves da Cruz, moradora do Parque Universitário, há cerca de dois anos não chegava água na torneira. A mototaxista veio até o Sanear solicitar que a ouvidoria resolvesse o problema que já vinha ocorrendo há bastante tempo. Ao ficar constatado que a moradora realmente estava sem receber água, uma nova bomba foi instalada no poço artesiano que abastece o Parque Universitário, permitindo que aumentasse a quantidade do líquido e melhorando assim o abastecimento na casa de Deuzita e também em todo o bairro.

Leia também:  Mutirão Fiscal acontece na Prefeitura de 16 a 31 de outubro

A ouvidoria, criada por meio de legislação específica, tem como objetivo proporcionar uma maior acessibilidade à população rondonopolitana, buscar a qualidade no atendimento aos cidadãos e a melhoria dos serviços prestados.

Hoje, os clientes do Sanear podem ligar, passar a informação, que já é encaminhada diretamente para o setor responsável, e fazer o acompanhamento deste atendimento, ou seja, a pessoa deixa dados pessoais como nome completo e telefone de contato para que a ouvidora possa ligar posteriormente informando qual foi a providência tomada em relação a informação repassada.

O setor é mais um canal direto de comunicação e escuta entre a autarquia e a população com total autonomia e ética, sempre preservando o sigilo das reclamações, sugestões, denúncias e elogios.

A ouvidoria funciona das 7h às 11h e das 13h às 17h e é possível entrar em contato por meio do [email protected] ou pelos telefones 3422-0500 ou 9292-4652. A população também pode utilizar o serviço gratuito 0800 647 2442.

Leia também:  Prefeitura encaminha repasse do Estado para Santa Casa
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.