Às 5h da manhã deste domingo (14), a praça da Sé, no bairro da Cidade Velha, em Belém, já estava lotada de fiéis. Todos aguardavam ansiosamente a saída da imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré da Igreja da Sé  para percorrer os 3,57 km da grande romaria do Círio de Nazaré 2012. Mais de 2 milhões de pessoas devem acompanhar a procissão de número 220 do Círio, que se transformou em uma das maiores tradições do povo paraense.

Antes do início da romaria, uma missa foi presidida na Catedral de Belém por Dom Gioavanni Agnello, representante do papa Bento XVI no país. O rito católico começou minutos antes da 5h e terminou às 6h19. No local, um coral de 38 pessoas prestou homenagem à virgem Maria. Muitos devotos podiam ser vistos carregando seus “ex-votos”, objetos de cera que representam graças alcançadas. Dois momentos emocionantes para a população foram a chegada da berlinda e da corda.

Leia também:  Criminoso anuncia assalto e golpeia com faca mãe e bebê por não encontrar celular

Segundo o diretor geral do Círio, Kleber Vieira, a expectativa é de uma procissão tranquila neste domingo. “A Trasladação foi uma das romarias mais tranquilas que já acompanhei. Espero que a de hoje também seja”, comenta.

A berlinda saiu em procissão às 6h39. O atrelamento da corda dos promesseiros à carruagem que leva a imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré foi feito às 7h02, na avenida Boulevard Castilhos França. Apesar de algumas dificuldades iniciais para ligar a berlinda à corda, um dos principais símbolos do Círio, o procedimento foi concluído sem grandes transtornos. Os devotos que vão na corda formam um verdadeiro cordão humano, e são responsáveis por puxar a berlinda.

Leia também:  SUS aguarda liberação para começar fazer teste rápidos de dengue e chikungunya

A previsão de chegada ao destino final da romaria, a Praça Santuário, é entre 12h e 12h30. Durante o trajeto, existem 15 paradas programadas para homenagens, entre elas as tradicionais dos fogos no mercado do Ver-o-Peso, nos estivadores e no antigo prédio do Jornal Liberal. Na avenida Presidente Vargas, os bancos do Pará e do Brasil, além da Caixa Econômica Federal e Correios, devem prestar homenagens durante a passagem da imagem da santa.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.