Um efetivo de 1200 policiais vai fazer o monitoramento de 162 seções eleitorais durante o segundo turno das eleições neste domingo (28), em Cuiabá. O objetivo é garantir a segurança, a organização, além de coibir qualquer prática de crimes eleitorais.

O plano de segurança terá inicio na noite deste sábado (27), e seguirá durante todo domingo (28), contando com o apoio de 100% do efetivo do Batalhão das Rondas Tático Móvel (Rotam), além de 13 equipes de inteligência da PM.

De acordo com a Polícia Militar, nove equipes da Polícia Federal estarão em diversos pontos da capital munidos de câmeras fotográficas e filmadoras. As 67 câmeras de segurança do Centro Integrado de Operações e Segurança Pública (Ciosp) também estarão registrando qualquer ação criminosa.

Leia também:  Sindicalistas chegam a acordo com governo sobre perdas salariais

O policiamento também será reforçado em áreas com grande aglomeração de pessoas, como pontos de ônibus e praças. Policiais também darão apoio a carreatas e eventos após o término das eleições. Durante as eleições, os boletins de ocorrência não serão registrados no Centro Integrado de Segurança e Cidadania (Cisc), do Panalto, mas na Casa da Democracia, localizada na Avenida Rubens de Mendonça, ao lado da sede do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.