Definir ações do plano estratégico de longo prazo do Programa de Desenvolvimento Institucional – PDI, em Rondonópolis. Este é o objetivo do grupo de trabalho local que se reúne com as facilitadoras do Tribunal de Contas do Estado – TCE, na segunda e terça-feira, dias 15 e 16 de outubro. O resultado vai ser apresentado ao prefeito Ananias Filho que assinou a adesão ao PDI no dia 25 de junho e faz a abertura do evento.

Rondonópolis está entre as primeiras oito cidades de Mato Grosso que receberam treinamento do TCE para desenvolver a metodologia que vai medir a eficiência do trabalho oferecido à comunidade. O auditor geral do Município, Marcos Constantino, conta que os trabalhos começaram logo após a adesão e já resulta na definição 17 objetivos com inúmeros indicadores. As metas foram estabelecidas a partir daí.

Leia também:  Escola Municipal desenvolve projeto de leitura há 20 anos e mobiliza alunos e comunidade

A melhoria da gestão, explica o auditor, parte da valorização e reconhecimento do servidor e passa pelas perspectivas de processo interno, aprendizagem e conhecimento e financeira para atender as expectativas da sociedade. Constantino defende que o PDI vai contribuir para a melhoria da eficiência dos serviços públicos e fomentar a implantação do modelo de administração orientada em resultado, além de exercer o controle de qualidade.

A missão de Rondonópolis definida no plano é promover a eficiência das políticas públicas e a visão é tornar a cidade referência de gestão na região Centro-Oeste do país. A reunião de trabalho do grupo acontece no auditório da prefeitura, a partir das 8h15 da segunda-feira e prossegue até às 15 horas do dia seguinte, quando vai ser feita a apresentação das propostas de ações para o prefeito Ananias Filho.

Leia também:  Proposta do novo IPTU reduz valores de imóveis menores e combate especulação imobiliária

 

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.