Na última sexta-feira (19) os médicos da Santa Casa de Misericórdia de Rondonópolis comunicaram à instituição que haveria um pedido de demissão em massa, em razão do atraso no pagamento dos salários.

A diretoria da Santa Casa interveio sobre o problema da falta de repasse do Governo do Estado, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) e foi informada que ainda na sexta-feira (19) seria efetuado o pagamento, na conta da Prefeitura de Rondonópolis, referente ao mês de agosto (cerca de 600 mil).

Com a resposta do Governo a diretoria espera que o problema seja contornado, contudo mesmo com o repasse a categoria ainda continuará com o salário do mês de setembro em atraso.

Leia também:  Oficinas comunitárias começam neste sábado (15) em Rondonópolis
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.