Foto: arquivo/AGORAMT

Mesmo antes da totalização dos votos apurados em Cuiabá, o candidato do PSB à prefeitura, Mauro Mendes, chegou ao Centro de Eventos do Pantanal convidando militância e população cuiabana para comemorar a ida ao segundo turno a partir das 21h30 de hoje no Choppão.

O socialista assumiu totalmente a condição de concorrente atacando supostos artifícios da coligação adversária, “Cuiabá Mato Grosso Brasil” (PT-PMDB), encabeçada pelo petista Lúdio Cabral, que teria se utilizado de pesquisas forjadas para anunciar, às vésperas da votação, que venceria o pleito com folga de até 10 pontos percentuais.

Ao lado do deputado Emanuel Pinheiro (PR) e do senador Pedro Taques (PDT), Mendes anunciou que “a sociedade vai perceber quem fala a verdade” e lançou suspeita sobre os apoios do adversário petista.

Leia também:  Vereador apresenta projeto Cidadão da Paz

“Agora é hora do tête-à-tête e as pessoas não vão poder se esconder atrás de seus apoiadores. Agora é a hora da verdade. Constrangido vai ficar quem mentiu para a população”, discursou o candidato para a imprensa, aproveitando para atacar o “festival de pesquisas que não retratam a realidade”.

Mendes anunciou já para a manhã de segunda-feira uma reunião política para definir os rumos do segundo turno e analisar estratégias para angariar novos apoios.

Por sua vez, o senador Taques aproveitou para reforçar que a campanha seguirá no rumo da dignidade para desbancar “a indústria das pesquisas”.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.