Uma mulher suspeita de tráfico internacional de drogas foi presa pela Polícia Judiciária Civil, em Guarantã do Norte, em cumprimento de mandado de prisão temporária (30 dias), expedido pela comarca de Guarulhos (SP). A ordem de prisão foi cumprida, ontem, contra M.S.F., 41 anos. Conforme as investigações de São Paulo, a mulher liderava o tráfico de drogas do Paraguai com conexão Paranhos, no Paraná, e Guarulhos.

A traficante é investigada pela Divisão de Investigação Sobre Entorpecentes (Dise) e o Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garra) de São Paulo, que em razão da parceria estabelecida com a Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) solicitou, na terça-feira (23), apoio no cumprimento do mandado.

Leia também:  Após ser agredida, mulher é acusada de esfaquear e matar namorado

A assessoria informou que o delegado chefe do GCCO, Flávio Henrique Stringueta, pediu à Delegacia da Polícia Judiciária Civil de Guarantã do Norte, sob o comando do delegado Carlos Eduardo Munis dos Santos, ajuda para levantar o endereço da investigada. Ao levantar o paradeiro da suspeita os policiais de Guarantã cumpriram também a ordem de prisão.

De acordo com o delegado Carlos Eduardo Munis, a mulher estava há cinco anos morando em um sítio, a cerca de dez quilômetros da cidade de Guarantã do Norte, com a família. Ela não resistiu à prisão.

A presa será transferida para o presídio feminino de Cuiabá, Ana Maria do Couto May, até ser removida para o Estado de São Paulo.

Leia também:  Desempregado é preso por tráfico de drogas no Monte Líbano
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.