O candidato republicano Mitt Romney brinca com criança durante campanha em Aime, no Iowa, (Foto: AP)

O candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Mitt Romney, tentou adotar o lema da mudança nesta sexta-feira (26) em um discurso sobre economia no qual prometeu um novo começo para o país a fim de gerar um maior crescimento no emprego.

O discurso de Romney em Iowa, um Estado decisivo, foi um esforço de assumir o papel que o presidente norte-americano, Barack Obama, exerceu em 2008, o de um estranho que representaria uma mudança súbita se eleito em 6 de novembro.

Em trechos do discurso divulgados por sua campanha, Romney criticou Obama, dizendo que ele é agora uma sombra do que foi antigamente, que quer proteger o status quo e não tem planos para a fraca economia norte-americana.

Leia também:  Avião militar americano é interceptado por caças chineses

“Esta eleição é uma escolha entre o status quo –a continuação das mesmas políticas dos últimos quatro anos– e uma mudança real, uma mudança que propõe esperança, esperança que o futuro será melhor que o passado”, segundo o discurso.

Considerado pela campanha como um discurso importante, a fala de Romney parece um resumo de seu argumento econômico voltado a eleitores que ainda têm de tomar uma decisão a apenas 11 dias do pleito.

Com frequência, Romney tem citado as palavras “mudança” ou “grande mudança” nos discursos de campanha dos últimos dias, embora ele não tenha feito do tema algo tão central para seus discursos como fez Obama na eleição de 2008.

Leia também:  Ataque a veículos que transportava cristãos deixa mortos e feridos no Egito

O aumento do Produto Interno Bruto (PIB) norte-americano no terceiro trimestre deste ano foi de 2%, número usado pelas campanhas dos dois lados para apoiar seus argumentos.

A campanha de Obama disse que isso é a prova de que o crescimento econômico está acontecendo, embora lentamente.

“Apesar de termos mais trabalho para fazer, o relatório do crescimento do PIB de hoje, mostrando o décimo-terceiro trimestre consecutivo de crescimento, é mais uma evidência de que nossa a economia continua a voltar da pior recessão desde a Grande Depressão sob a liderança do presidente Obama”, disse campanha democrata.

Romney, por outro lado, disse que o relatório era desanimador.

“Crescimento econômico lento indica crescimento lento do emprego e salários líquidos em declínio. É isso o que quatro anos das políticas do presidente Obama produziram”, afirmou.

Leia também:  Donald Trump visita Israel e pede paz, "não há outro caminho"
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.