As cenas de filmes de Velho Oeste, onde a população pega os pertences dos mortos em duelo é uma realidade em Rondonópolis. Na manhã desta quinta-feira (04) no acidente da rotatória do Parque São Jorge uma pessoa aproveitou a situação para embolsar objetos do morto.

Enquanto os peritos técnicos tentavam identificar o motociclista, um cidadão não se fez de acanhado e pegou para recordação o cigarro e o isqueiro do morto.

Quanto o perito observou a atitude do rapaz mandou que deixasse os objetos no local, pois se tratava de material do acidente. O cidadão argumentou que o morto não fumaria mais e seria um desperdício deixar cigarro e o isqueiro.

Contrariando e sob protesto o cidadão devolveu os objeto, mas não antes de acender um cigarro e sair fumando pela rua.

Leia também:  Kléber Lima volta ao comando da Comunicação
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.