O primeiro voto na urna eletrônica é para o candidato a vereador. São cinco dígitos, seguidos da tecla “confirma”. É preciso atenção. Isso porque também é possível votar na legenda. Assim, se o eleitor digitar primeiro seu voto para prefeito, estará votando nos candidatos do partido, e não no vereador.

Segundo voto é para prefeito

O segundo voto é para o candidato a prefeito, com os dois algarismos do candidato escolhido, seguidos da tecla “confirma”.

Se o eleitor não tiver escolhido um vereador, mas quiser votar em um partido, basta digitar os dois números da legenda e confirmar.

Brancos e nulos

Na urna eletrônica, também é possível votar em branco, na tecla “branco”, e corrigir o número digitado com a tecla “corrige”.

Leia também:  Não suportando o calor, homem pula da ponte nova e fica ferido em Rondonópolis

Se o número digitado for inexistente, e o eleitor apertar “confirma”, o voto é considerado nulo.

O candidato é eleito pelos votos válidos, ou seja, pela soma de todos os votos, excluídos os brancos e nulos.

Votar nulo ou em branco, porém, pode influenciar no resultado da eleição. Isso porque o candidato que está na frente precisará de menos votos para ser eleito.

Cola eleitoral

Para não errar na hora de votar, o Tribunal Superior Eleitoral divulgou uma cola, que pode ser usada no primeiro turno das eleições municipais 2012. É possível acessá-la no site do TSE.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.