Foto: Paulo Vitor / AE

A seis dias das eleições, é importante lembrar que segundo a legislação eleitoral é proibida entre as 8h e 17h a divulgação de levantamento de intenção de voto, a chamada ‘boca de urna’. No dia da eleição, poderão ser divulgadas as pesquisas eleitorais realizadas até a data anterior ao dia da eleição, mas não levantamentos realizados no próprio dia da votação.

As pesquisas realizadas no dia da eleição poderão ser divulgadas após o horário de votação, que se encerra às 17h, respeitando o fuso horário de cada localidade. O delegado da Polícia Federal de Rondonópolis, Paulo Repetto, explica que no dia da eleição também é proibida a distribuição de material de propaganda política ou a prática de aliciamento, coação ou manifestação tendente a influenciar a vontade do eleitor, pois caracteriza crime com detenção, podendo ainda ter que prestar serviços à comunidade pelo mesmo período e multa.

Leia também:  Escola Militar será estruturada ainda em 2017

“São crimes considerados ainda mais graves a compra de voto, como por exemplo, oferecer transporte e alimentação aos eleitores no dia sete de outubro. Esses crimes resultam em prisão em flagrante”, fala o delegado.

Repetto explicou que é permitida apenas a manifestação individual e silenciosa do eleitor em relação à sua preferência por candidato, partido político e coligação, manifestada por meio de bandeiras, broches, dísticos e adesivos. As pessoas podem fazer denúncia de crimes eleitorais para a Polícia Federal através do número (66) 3439-6200. A Polícia Militar também irá atuar nas prisões, o telefone para a denúncia é o 190.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.