A votação das propostas de alteração da Lei que regue o Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (SANEAR) foi adiada nesta quarta-feira (10) devido ao pedido de vistas do primeiro vice-presidente da Casa de Lei, vereador Cido Silva (PP).

O vereador explicou que pediu vistas das propostas por não ter pleno conhecimento dos projetos pois, em decorrência do período eleitoral, não foi possível apreciar de forma mais detalhada as propostas. “Quero estar inteirado do que estou votando”, argumentou Cido Silva.

O primeiro secretário da Câmara Municipal, vereador Lourisvaldo Manoel de Oliveira (Fulô), disse que os parlamentares estão discutindo ainda que, além do período de proibição da venda da autarquia, que seja realizado um plebiscito para que a população decida se privatiza ou não o SANEAR, caso apareça alguma intenção futura neste sentido.

Leia também:  Avião com o ministro do STF Gilmar Mendes sofre pane e retorna para Brasília

Os projetos podem permanecer sob vistas do vereador Cido Silva por um prazo de até 15 dias e só então deve retornar para votação.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.