Foto: Hiper Noticías

A quadrilha que invadiu e roubou duas agências bancárias nesta terça-feira (30) em Comodoro, cidade a 677 quilômetros de Cuiabá, libertou cerca de 15 reféns em uma estrada da região. O assalto na modalidade ‘Novo Cangaço’ ocorreu no início desta tarde em dois bancos localizados na mesma avenida da cidade.

O capitão da Polícia Militar de Comodoro, Mário Roberto Pereira, relatou que dois veículos foram encontrados e foram, supostamente, utilizados pela quadrilha. “Depois de assaltar os bancos eles tentaram fugir rumo à cidade de Pontes e Lacerda, no entanto, encontraram a nossa barreira. Eles retornaram e fugiram para a região da cidade de Campos de Júlio”, informou o capitão.

Na fuga, ainda de acordo com a Polícia Militar, a quadrilha incendiou uma das caminhonetes e abandonou o veículo no entrocamento das rodovias BR-364 e BR-174. “Encontramos uma arma dentro desse veículo incendiado. Ainda na região nós encontramos a segunda caminhonete também abandonada. Os reféns foram resgatados sem nenhum ferimento”, completou.

Leia também:  Trio é preso com mais de 200 tabletes de maconha em Cuiabá

Policiais militares de Pontes e Lacerda, Campos de Júlio e Cáceres dão apoio na busca pelos suspeitos. Além disso, equipes do Batalhão de Operações Especiais (Bope), da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) e um helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) já se deslocaram até a região de Comodoro.

Assalto
Cerca de sete homens armados e encapuzados assaltaram duas agências bancárias da cidade, por volta do meio-dia desta terça-feira. Durante a ação, pessoas foram feitas reféns e usadas como ‘escudo humano’ em frente aos locais para dar proteção à quadrilha.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.