Delegado Henrique Meneguelo vistoria carro envolvido no caso – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

O rapaz identificado como Benivaldo Alves, acusado de atropelar a ex-esposa Pamella Cristina Vigilato de Araújo, na última sexta-feira (28) se entregou a polícia na tarde de hoje (1) por volta das 14h.

Em depoimento a mãe da vítima afirmou que o casal estava junto há seis anos e que tinham dois filhos. Há cerca de duas semanas Pâmella teria pedido a separação, desde então Benivaldo que não aceitava a situação a ameaçava de morte.

Na última sexta-feira testemunhas do fato relataram no Boletim de Ocorrência que Pamella trafegava na garupa de uma moto pela Rua Damião Siqueira, no Jardim Ipiranga, quando foi surpreendida pelo motorista de um carro que jogou veículo propositalmente contra a vítima e arrastou por alguns metros.

Leia também:  Após roubar motocicleta, suspeito volta na casa da vítima para pedir resgate do veículo

Após o fato o motorista, ex-marido da vítima fugiu do local sem prestar socorro, Pâmella quebrou a bacia e sofreu traumatismo craniano, a vítima segue internada na U.T.I da Santa Casa em estado grave.

O advogadodo do acusado, Stalyn Paniago Pereira, afirmou que o seu cliente se manteve em silêncio e que só irá falar em juízo.

O delegado responsável pelo caso, Henrique Meneguelo, afirmou que o acusado responderá em liberdade por tentativa de homicídio, mas que nos próximos dias poderá ter a prisão preventiva decretada. “De 10 a 15 dias esperamos que o caso esteja concluído”, fala.

 LEIA TAMBÉM – Motorista joga veiculo contra motociclista e arrasta mulher pela rua

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.