Sebastian Vettel deixa treino com cara de poucos amigos na Coreia do Sul (Foto: AFP)

O favoritismo era todo de Sebastian Vettel no treino classificatório para o GP da Coreia do Sul. E foi assim até o cronômetro zerar no circuito de Yeongam. Aí apareceu, de surpresa, a outra RBR: Mark Webber roubou a cena e vai largar na pole position no domingo. No apagar das luzes, o australiano cravou o tempo de 1m37s242 e desbancou Vettel, que tinha sido o mais rápido nas duas primeiras partes da atividade e em dois dos três treinos livres do fim de semana. O vice-líder do campeonato ficou com o segundo lugar no grid, com 1m37s316. O espanhol Fernando Alonso (Ferrari), líder da temporada, largará em quarto, logo atrás do inglês Lewis Hamilton (McLaren), com quem divide a segunda fila.

Depois de acabar com jejum de pódios no GP do Japão do último domingo, Felipe Massa segue mostrando crescimento na temporada. O piloto da Ferrari avançou à superpole pela sexta vez na temporada e conseguiu o sexto melhor tempo. Ele largará entre os carros da Lotus: Kimi Raikkonen parte em quinto e Romain Grosjean – apelidado de “maluco da primeira volta” por Webber no Japão – é o sétimo. Bruno Senna não teve o mesmo sucesso. O brasileiro da Williams acabou eliminado no Q1 e terá que largar em 18º. Pastor Maldonado, seu parceiro de equipe, ficou com o 15º lugar no grid, confirmando as dificuldades dos carros do time inglês no circuito asiático.

Após não conseguir bater o tempo de Webber, Vettel deu a entender pelo rádio que teria sido supostamente atrapalhado pela aproximação com Massa no final da atividade. Após o treino, porém, o alemão fez questão de eximir o brasileiro de culpa: “Se alguém tem que levar a culpa, este alguém sou eu. Foi erro meu, a pole estava ao alcançe”, afirmou.

Leia também:  Colorado vence fora de casa e ganha moral na Copinha

Esta é a segunda pole de Webber na temporada (a primeira foi no GP de Mônaco, onde saiu vitorioso), a 11ª na carreira e a 200ª de um carro de motor Renault. É também a segunda dobradinha consecutiva da RBR, que mostra força nesta reta final de temporada. A escuderia austríaca deu um salto de qualidade a partir do GP de Cingapura, com um novo conceito de DRS duplo, que proporciona ganho de desempenho em trechos de alta velocidade.

Logo na primeira parte da atividade, a RBR mostrou sua força. Vettel fez o melhor tempo (1m38s208), seguido por Webber (1m38s397). Enquanto isso, Alonso teve que suar para não pagar o mico de cair fora logo de cara. Mesmo com pneus supermacios, o espanhol anotou apenas 1m39s144 e ficou em 16º. Massa avançou com tranquilidade, na 11ª posição. Outro que passou sufoco foi Hamilton, que ficou com a última vaga para o Q2. Acabou sobrando para Bruno, eliminado ao lado dois seis pilotos dos times menores: Vitaly Petrov e Heikki Kovalainen (Caterham); Charles Pic e Timo Glock (Marussia); e Pedro de la Rosa e Narain Karthikeyan (HRT). Último colocado,

Leia também:  Público reage e evita prejuízo para o União

A decepção do Q2 ficou por conta de Jenson Button. O britânico ficou em 11º e não conseguiu vaga para a superpole. Enquanto seu companheiro de McLaren, Hamilton, fez o terceiro melhor tempo desta parte da sessão. Mais uma vez o mais rápido foi Vettel, com 1m37s767. Já Alonso conseguiu reagir e ficou mais próximo do rival. O espanhol anotou 1m37s987. Sexto melhor, Massa avançou ao Q3 pela sexta vez no ano. A quebra da STR de Daniel Ricciardo no trecho final do circuito provocou bandeira amarela no setor, obrigando os pilotos a reduzirem justamente nos momentos decisivos do Q2.

Na superpole, as atenções estavam voltadas para Vettel. A expectativa era de que o bicampeão confirmasse o domínio no fim de semana e garantisse a pole. Na primeira rodada de voltas cronometradas, o alemão fez 1m37s316 e logo apareceu no topo da classificação. Em seguida, os pilotos retornaram aos boxes e trocaram os pneus para a última tentativa de voltas rápidas. Nesse momento, Hamilton e Schumacher quase protagonizaram um acidente nos pits. O alemão não foi avisado pela Mercedes da aproximação do britânico e entrou na frente, obrigado seu substituto na temporada 2013 a fazer um desvio brusco. Quando os pilotos voltaram à pista para a última tentativa, veio a surpresa. Com o cronômetro zerado, Webber marcou 1m37s242 e assumiu a primeira posição. Vettel tentou recuperar a ponta, mas não conseguiu melhorar seu tempo e ficou em segundo. Hamilton e Alonso bateram suas próprias marcas e asseguraram a terceira e a quarta posições, respectivamente.

Leia também:  Seleção masculina de futsal brasileira disputará amistosos em Mato Grosso

Confira o grid de largada do GP da Coreia do Sul (55 voltas):

1 – Mark Webber (AUS/RBR-Renault) – 1m37s242
2 – Sebastian Vettel (ALE/RBR-Renault) – 1m37s316 + 0s074
3 – Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes) – 1m37s469 + 0s227
4 – Fernando Alonso (ESP/Ferrari) – 1m37s534 + 0s292
5 – Kimi Raikkonen (FIN/Lotus-Renault) – 1m37s625 + 0s383
6 – Felipe Massa (BRA/Ferrari) – 1m37s884 + 0s642
7 – Romain Grosjean (FRA/Lotus-Renault) – 1m37s934 + 0s692
8 – Nico Hulkenberg (ALE/Force India-Mercedes) – 1m38s266 + 1s024
9 – Nico Rosberg (ALE/Mercedes) – 1m38s361 + 1s119
10 – Michael Schumacher (ALE/Mercedes) – 1m38s513 + 1s271

Eliminados no Q2:
11 – Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes) – 1m38s441 + 0s674
12 – Sergio Perez (MEX/Sauber-Ferrari) – 1m38s460 + 0s693
13 – Kamui Kobayashi (JAP/Sauber-Ferrari) – 1m38s594 + 0s827
14 – Paul di Resta (ESC/Force India-Mercedes) – 1m38s643 + 0s876
15 – Pastor Maldonado (VEN/Williams-Renault) – 1m38s725 + 0s958
16 – Daniel Ricciardo (AUS/STR-Ferrari) – 1m39s084 + 1s317
17 – Jean-Eric Vergne (FRA/STR-Ferrari) – 1m39s340 + 1s573

Eliminados no Q3:
18 – Bruno Senna (BRA/Williams-Renault) – 1m39s443 + 1s235
19 – Vitaly Petrov (RUS/Caterham-Renault) – 1m40s207 + 1s999
20 – Heikki Kovalainen (FIN/Caterham-Renault) – 1m40s333 + 2s125
21 – Charles Pic (FRA/Marussia-Cosworth) – 1m41s317 + 3s109
22 – Timo Glock (ALE/Marussia-Cosworth) – 1m41s371 + 3s163
23 – Pedro de la Rosa (ESP/HRT-Cosworth) – 1m42s881 + 4s673
24 – Narain Karthikeyan (IND/HRT-Cosworth) – sem tempo

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.