As notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) referentes a 2011 divulgadas nesta quinta-feira (22) pelo Ministério da Educação revelam que entre as 10 escolas com as melhores notas em Mato Grosso, apenas duas são públicas. O ranking também mostrou que nenhuma escola do estado ficou entre as 100 melhores do país.

Pelo segundo ano consecutivo, o Colégio Maxi, de Cuiabá, alcança a melhor média em Mato Grosso. Em 2011, a média da unidade escolar atingiu 620,66 com participação de 79,7% dos estudantes. Em comparação a 2010, quando a escola também obteve a liderança no ranking do Enem, o levantamento mostra que o colégio perdeu 38,23 pontos.

Em segundo lugar aparece a Escola do Farina, também de Cuiabá, com 603,91 pontos e participação de 84,62% dos alunos.

Leia também:  MPE notifica Estado para que suspenda qualquer ato de gestão em nome do IPAS

O campus do Instituto Federal de Ensino (IFMT) em Cuiabá é a melhor escola pública de Mato Grosso. Entre as 10 primeiras escolas, o campus figura na 4ª colocação com 596,39 pontos e participação de 55,20% dos estudantes. A segunda melhor unidade pública de Mato Grosso também faz parte da rede federal de ensino. O campus do IFMT – Bela Vista alcançou a 5ª colocação, com 594,94 pontos e participação de 77,9% dos estudantes.

Entre as 10 melhores escolas de Mato Grosso, metade é de Cuiabá. As outras cinco escolas estão nos municípios de Jaciara, Sinop, Sorriso, Alta Floresta e Juara.

Já a escola de Mato Grosso que obteve a menor média, de acordo com o MEC, integra a rede estadual de ensino. Localizada em Várzea Grande, na região metropolitana de Cuiabá, a Escola Estadual Irene Gomes de Campos alcançou 428,80 pontos, com uma participação de 58,62%.

Leia também:  Federação dos Hospitais Filantrópicos de Mato Grosso lança nota em relação aos repasses atrasados pelo Governo

Ranking

O critério utilizado para inclusão de uma escola na lista é o mesmo do sistema “Prova Brasil”, apenas com unidades em que pelo menos 50% dos alunos matriculados e com o mínimo de dez alunos participaram do exame. Os números levam em consideração os dados do Censo Escolar.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.