Em comemoração aos 63 anos da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), o Senado Federal reuniu parlamentares e autoridades do judiciário, nesta segunda-feira (05), para uma sessão solene em homenagem à instituição.

O presidente da Associação, Nelson Calandra ressaltou as conquistas da categoria e o empenho dos juízes na construção de uma magistratura mais sólida e eficiente. “Cada Magistrado que passou por aqui contribuiu, do seu modo, para que a AMB se tornasse uma entidade com voz e presença dentro do Senado, da Câmara, em cada Estado brasileiro e também junto ao Executivo. A nossa luta é permanente”, afirmou.

O evento que durou cerca de três horas, além de discutir o papel da AMB na defesa das garantias e direitos dos magistrados, também debateu as principais necessidades da categoria e projetos que tramitam no Congresso Nacional.

Leia também:  Liminar suspende leis que dispensavam licenciamento para pequenas pisciculturas

O deputado Federal Wellington Fagundes (PR/MT), presidente da Frente Parlamentar Mista para o Aperfeiçoamento da Justiça Brasileira, que trabalha em parceria com a AMB, reforçou a necessidade da aprovação da PEC 187/2012, que propõe eleições diretas nos tribunais de 2º grau. Hoje os integrantes dos órgãos diretivos serão eleitos por maioria absoluta e por voto direto e secreto. “Essa proposta de minha autoria, cuida da participação de juízes no processo de escolha de seus representantes, igualando todos os magistrados que poderão exercer o direito de disputar a administração nas Cortes de Justiça do país”, explicou.

Calandra também pediu atenção do Legislativo e Executivo, quanto à elaboração de políticas de segurança para a magistratura. “Quando um juiz é atacado em razão de sua profissão, o estado democrático de direito fica abalado. Para realmente termos uma política de segurança é preciso parar com a política de tolerância 100%. Eu perdi as contas dos réus que condenei há 30 anos e eles saíram do julgamento pela porta frente, ao lado da família da vítima”, afirma.

Leia também:  Pecuaristas iniciam setembro mais otimistas em MT

História AMB

Considerada a maior Associação de Magistrados do mundo, a AMB possui mais de 14 mil filiados e representa os 17 mil Juízes e Desembargadores do Brasil. Criada em 1949, tem atuado de forma na luta pela valorização da magistratura e na defesa das prerrogativas da categoria.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.