Foto: assessoria

Chapecó, SC, 31 (AFI) – O Luverdense está próximo do maior feito de sua história e por isso vai para cima da Chapecoense nesta quinta-feira, às 19 horas, na Arena Condá, em Chapecó, pela partida de ida das quartas de final do Campeonato Brasileiro da Série C. Duelo também tem cara de revanche para o time mato-grossense.

Na última vez em que a Chapecoense decidiu acesso contra um time mato-grossense, eliminou o Araguaia, da cidade de Alto Araguaia, na fase final do Campeonato Brasileiro da Série D de 2009 – foi o primeiro ano da competição. Por isso, agora o time de Lucas do Rio Verde quer vingar o rival.

Leia também:  Luve vence fora de casa e escapa da degola

Na primeira fase, a Chapecoense terminou na terceira posição do Grupo B, com 29 pontos. Já o Luverdense, ficou na vice-liderança do Grupo A, com 34 apenas, sendo o segundo melhor time fase – atrás apenas do Fortaleza.

Artilheiro de 500 gols é dúvida
A Chapecoense definiu no treinamento da tarde desta quarta-feira, os titulares para a primeira partida das quartas-de-final da Série C, que acontece nesta quinta, contra o Luverdense. A única dúvida foi Rodrigo Gral.

O atacante deixou o gramado no último sábado, contra o Tupi, com dores musculares e virou dúvida para o técnico Gilmar Dal Pozzo. O único confirmado no ataque é Henrique, que aos poucos ganha a confiança dos torcedores. No restante o time deverá ser o mesmo que goleou na última rodada da primeira fase.

Leia também:  Dourado sobe duas posições e chega ao 50º lugar no ranking Nacional

“O futebol está aparecendo graças ao trabalho em equipe. A chance chegou e estou encarando com maturidade e profissionalismo. Vamos entrar para vencer e buscar o acesso”, disse o atacante Henrique a Folha de Chapecó.

Luverdense com força máxima
O Luverdense já está em Chapecó e treina com força máxima para a primeira partidas das quartas-de-final da Série C, que acontece nesta quinta-feira, contra a Chapecoense, às 19 horas, na Arena Condá, no Sul do país. Time tem apenas um desfalque.

O técnico Dado Cavalcanti comandou o primeiro coletivo na tarde da última terça-feira, quando já esboçou o time que começará jogando. A única baixa no elenco é o atacante Tatu, ainda entregue ao Departamento Médico. Para o seu lugar, Rafael Tavares (que também pode atuar no meio) e Fio são as opções.

Leia também:  Com vitória de Grêmio, Renato Gaúcho se torna o 1° brasileiro a vencer as Libertadores como jogador e técnico

Concentrado e otimista, o presidente do Luverdense, Helmute Lawisch, afirmou que o time terá força máxima e lutará para sair com a vantagem no primeiro confronto. O dirigente encara a partida como “decisão”, uma vez que vale o acesso ao tão sonhado Campeonato Brasileiro da Série B.

“Estamos concentrados e muito bem acomodados. Fizemos uma atividade ontem, treinaremos hoje a tarde e depois vamos esperar pelo confronto. É decisão e não podemos tropeçar”, disse Helmute ao FI.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.