Apesar do sutil aumento da comercialização da soja para a safra 2012/13 em Mato Grosso o custo para a produção da safra 2013/14 já apresenta aumento, sendo o insumo um dos principais fatores para a elevação do preço desanimar .

Dados do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (IMEA), mostram que a negociação da oleaginosa, que está sendo plantada atualmente e atingiu 88,5% na terceira semana de novembro, aumento de apenas 1,1 ponto percentual no mês, contudo o custo de produção para a safra seguinte cresceu. Comparando o preço da lavoura para a safra 2013/14 com o custo ponderado da safra atual, sobre a soja transgênica foi 17,5% superior e, na convencional, 18,4%, cujos valores atuais respectivos são R$ 2.241,23/ha e R$ 2.260,07/ha.

Leia também:  Clássicos da literatura em cena na Escola Gisélio da Nobrega

O insumo é uma dos principais fatores para o aumento no custo da produção, que subiu de R$ 968,34/ha para R$ 1.106,19/ha na transgênica e R$ 1.122,40 na convencional, em que o peso principal foi a alta sobre os fertilizantes, em média de 17,0% para ambos os tipos de soja

Nesse contexto de aumento e relembrando o custo da safra atual que começou embaixo e foi subindo ao longo do ano, este momento já pode ser o início dos negócios da safra 2013/14 antes que o valor dos insumos tome rumo ainda maior do que o registrado em outubro.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.