Foto: internet

O ex-atacante Alex Alves, de apenas 37 anos, faleceu na manhã desta quarta-feira, no hospital Amaral de Carvalho, em Jaú, no interior de São Paulo. O ex-jogador de Vitória, Cruzeiro, Palmeiras e Portuguesa estava internado há alguns meses fazendo tratamento de uma leucemia, que o acometia há quatro anos.

A assessoria de comunicação do hospital não confirmou se leucemia foi a causa da morte. A pedido do próprio ex-atleta, os médicos, parentes e amigos não divulgaram o estado de saúde, nos últimos dias.

A família ainda não divulgou o que será feito com o corpo. Entretanto, o mais provável é que o velório e o enterro aconteçam na Bahia, onde o jogador nasceu e também onde foi revelado para o futebol.

Leia também:  União precisa vencer para ficar com título do sub-19

Fim de carreira
Alex Alves abandonou a carreira de futebol em 2010, quando já convivia com a doença. Em seus últimos como profissional, teve muitos problemas financeiros e com peso.

Sem dinheiro, ex-jogador vinha sendo ajudado por antigos companheiros, como o ex-meia Paulo Isidoro, para bancar seu tratamento. Ele vinha, inclusive, conversando com outros ex-atletas para organizar um jogo beneficente para ajudar o amigo.

Mais de Alex Alves
Alex Alves ficou bastante conhecido por ter sido o primeiro jogador brasileiro a assumir ser metrossexual, gíria utilizada para definir homens que se preocupam excessivamente com a aparência. Durante sua carreira, sua imagem sempre ficou marcada pelas roupas extravagantes, cortes de cabelos ousados e belos carros.

Leia também:  União, mesmo com derrota, avança e joga de novo contra o Dom Bosco

Foi dentro de campo, contudo, onde ele viveu seus grandes momentos. Revelado no Vitória, ele ajudou a conquista histórica do vice-campeonato brasileiro de 1993. Naquela oportunidade, o Leão contava com garotos como o goleiro Dida e o meia Paulo Isidoro, e só foi parado na final pelo Palmeiras de Edilson, Edmundo e Evair.

Na apresentação no Palmeiras

Em 1994, o atacante deixou o Vitória e se transferiu ao próprio Palmeiras, onde não teve grandes oportunidades. Tanto que chegou a ser emprestado ao Juventude. Em 1996, reencontrou a boa fase pela Portuguesa. Entretanto, foi no Cruzeiro, entre 1998 e 99, onde viveu grandes momentos, marcando 27 gols em 41 jogos.

Depois da Raposa, Alex Alves foi negociado com o Hertha Berlim, da Alemanha, por US$ 7 milhões. Após quatro anos no clube alemão, ele passou por Atlético-MG, Vasco, Vitória, Boavista-RJ, Fortaleza, Kavala (Grécia) e União Rondonópolis-MT, onde encerrou a carreira em 2010.

Leia também:  Luverdense fica no empate com o Paraná
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.