Três civis israelenses morreram nesta quinta-feira (15) no sul do país, vítimas de um foguete disparado a partir da Faixa de Gaza, aumentando a tensão entre israelenses e palestinos na região.

Foi o primeiro relato de mortes de israelenses desde que Israel lançou um grande ataque aéreo à Faixa de Gaza, na véspera, provocando a morte de Ahmed Jaabali, líder militar do movimento palestino Hamas, e de mais oito palestinos.

As mortes ocorreram na cidade de Kiryat Malachi, no sul de Israel, segundo a polícia.

Outras duas pessoas ficaram feridas, segundo o porta-voz da polícia, Micky Rosenfeld.

Segundo a imprensa israelense, as vítimas são um casal de cerca de 30 anos e uma mulher de 20, que vivia em um apartamento vizinho.

Leia também:  Trump chega na Flórida após fim de furacão para se encontrar com vítimas e calcular danos

As aulas foram suspensas em todas as localidades do sul de Israel localizadas a até 40 quilômetros da Faixa de Gaza.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.