O Ministério da Justiça prorrogou por 90 dias a permanência da Força Nacional de Segurança Pública em Mato Grosso, onde dá apoio à desapropriação e retirada dos não índios da Reserva de Bordolândia. A decisão de prolongar a permanência foi publicada hoje (22) no Diário Oficial da União.

A Força Nacional atua em parceria com a Polícia Federal na Operação Xavante, que visa a evitar conflitos agrários durante o cumprimento da decisão judicial.

Advertisements
Leia também:  Estão abertas as inscrições para a 6ª edição do Integra Suas em Sinop

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.