O jornalista e comentarista de economia Joelmir Beting morreu na madrugada desta quinta-feira (29), à 0h55, aos 75 anos de idade. Ele estava internado desde outubro no hospital Albert Einstein, em São Paulo, para tratar uma doença autoimune. No último domingo (25) sofreu um acidente vascular encefálico hemorrágico (AVE) e ficou em estado grave.

Joelmir Beting, que era casado, tinha dois filhos e quatro netos, era sociólogo, nasceu em Tambaú, interior paulista. Atuou na carreira de jornalismo por 55 anos e começou na área esportiva e criou a expressão “gol de placa”. Trabalhou em veículos como os jornais Folha de S. Paulo e Estadão, bem como na TV Globo, onde ficou por 20 anos. Atualmente estava na TV Bandeirantes, onde era apresentador e comentarista de telejornal.

A notícia foi confirmada no Twitter, pelo filho dele, Mauro Beting: “Um minuto de barulho por Joelmir Beting. 21/12/1936 – 0h55 de 29/11/2012”.

Mauro publicou um texto em homenagem ao pai em seu blog no portal esportivo Lance!Net.

“A ausência dele não tem nome. Mas a presença dele ilumina de um modo que eu jamais vou saber descrever (…) Explicar quem é Joelmir Beting é desnecessário. Explicar o que é meu pai não estar mais neste mundo é impossível.”

O corpo de Joelmir será cremado em Itapecirica da Serra, na região metropolitana de São Paulo, na tarde desta quinta-feira (29).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.