Muricy Ramalho ganha ovo, farinha e água na cabeça (Foto: Marcelo Hazan / Globoesporte.com)

Muricy Ramalho tem fama de bravo e muitas vezes faz cara de mal, mas na entrevista da manhã desta sexta-feira, no CT Rei Pelé, o treinador do Santos abriu sorrisos pelo seu aniversário de 57 anos. Mesmo assim, ele não escapou da ovada dos jogadores, comandados por Neymar. Além do craque, o capitão Edu Dracena, André, Felipe Anderson, Léo e Bill invadiram o fim da coletiva para jogar farinha e sujar o comandante, ritual de praxe entre os boleiros.

Sem reagir, Muricy apenas ficou sentado e consentiu com todo o “ataque” dos santistas. Antes dos jogadores saírem da sala de imprensa, o treinador avisou.

– Ainda tem a pré-temporada, hein meu – disse Muricy, em tom de brincadeira.

Leia também:  Alto Araguaia será representada por quatro tenistas na Copa das Federações em MG

Conformado com a ovada, o treinador já havia dito durante a entrevista que sabia da intenção dos jogadores e havia feito só um pedido aos atletas, antes de toda a ação.

“É uma coisa natural. Já combinei que não tem nada de agarrar e correr, porque se não pode complicar a minha coluna. Sento e falo: ‘Fiquem à vontade e façam o que quiserem’. Já sei que vão fazer mesmo, não tem como fugir. Vim antes aqui por isso (na sala de imprensa), para não ficar todo sujo – comentou o treinador”.

A intenção do treinador, porém, só deu certo em partes, já que ele ficou totalmente sujo antes de deixar o local. Foi o último treinamento do Santos no CT Rei Pelé nesta temporada, com o tradicional rachão realizado em vésperas de partidas. Neste sábado, o Peixe enfrenta o Palmeiras, no clássico marcado para às 19h30m, na Vila Belmiro, pela última rodada do Brasileirão.

Leia também:  Colorado perde e precisa reverter diferença de dois gols
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.