O prefeito eleito Percival Muniz (PPS) formalizou nesta quinta-feira (08) o convite para que o Partido dos Trabalhadores (PT) integre a base de apoio e colabore com sua administração na Prefeitura de Rondonópolis a partir do ano que vem. O convite foi feito numa reunião realizada ontem a noite com membros da executiva petista, com o vereador eleito Mauro Campos e, Juca Lemos, que disputou a prefeitura pelo partido na última eleição.

Durante a reunião eles conversaram sobre a situação do município e a necessidade de união das forças políticas para superar os problemas e retomar o desenvolvimento. Houve consenso de que a cidade vive um momento delicado e a resposta do PT deverá sair nos próximos dias, após uma discussão interna organizada pela diretoria executiva da legenda no município.

Leia também:  Comissão inicia debates sobre PEC do Teto dos Gastos

Percival Muniz disse que pretende conversar também com outros partidos para formar uma base de apoio consistente e que considera os petistas aliados preferenciais. Ele ressaltou que há semelhanças ideológicas entre o PT e o PPS e acredita que a proximidade entre os partidos pode render ao município muitas vantagens tanto no plano interno como externamente.

“Eles têm uma história marcada pela atuação popular, com capacidade de liderança reconhecida aqui no município e um espaço importante no cenário federal. Quero muito que o PT esteja junto conosco na base de apoio na Câmara e também participando da nossa gestão. A cidade ganhará com isso”, declarou Muniz.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.