Policiais e manifestantes de extrema direita se enfrentam em Varsóvia (Foto: Reuters/Stefan Romanik/Agencja Gazeta)

A tropa de choque da polícia de Varsóvia, capital da Polônia, usou cassetetes e balas de borracha para dispersar uma multidão de extremistas de direita que a atacava com fogos de artifício e pedaços de concreto. Os confrontos ocorreram após um desfile para marcar o feriado nacional.

Milhares de policiais já estavam presentes nas ruas de Varsóvia para tentar impedir que nacionalistas de direita e grupos radicais de esquerda usassem o feriado do dia da independência como uma oportunidade para lutar uns contra os outros.

Este é o segundo ano em que as celebrações acabaram em violência, evidenciando o grande abismo entre aqueles que querem uma sociedade conservadora religiosa, que rejeita a influência estrangeira, e aqueles que querem que a Polônia se alinhe aos países europeus.

Leia também:  Surfista de 16 anos morre em onda agitada do Caribe provocada por furacão

Enquanto os manifestantes se reuniam para a manifestação de extrema-direita, jovens com os rostos cobertos por lenços gritavam palavras de ordem nacionalistas e protestavam contra supostas conspirações judaicas.

“A Polônia está indo na direção … de dependência, dependência energética, dependência econômica”, disse um dos manifestantes, que disse se chamar Wojciech.

Os conflitos começaram quando alguns manifestantes de direita jogaram rojões contra a tropa de choque da polícia, que isolava a área.

Um correspondente da Reuters viu a polícia reagir agredindo os manifestantes com cassetetes, forçando-os a se dispersar em ruas próximas. Alguns manifestantes arrancaram pedaços de concreto em uma construção para arremessar.

A polícia usou megafones para avisar os manifestantes que iria usar balas de borracha, canhões de água e gás lacrimogêneo.

Leia também:  Pela 1° vez na história da Índia uma mulher é nomeada a ser ministra de Defesa

A Polônia comemora sua independência em 11 de novembro, dia em que a Alemanha reconheceu sua derrota na Primeira Guerra Mundial, em 1918. Antes do conflito, o que viria a ser o território polonês estava dividido sob o domínio dos impérios da Alemanha, da Rússia e da Áustria-Hungria.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.