Manfred é coordenador da Associação Alemã aos Hansenianos e Tuberculosos. Foto: Varlei Cordova/AGORA MT

A equipe de uma emissora de televisão alemã esteve na manhã desta quarta-feira (14) em Rondonópolis para gravar um pouco da história do alemão Manfred Robert Göbel, um dos precursores do Programa de Combate à Hanseníase em Rondonópolis e no Estado.

O documentário contará a vida de Göbel e o trabalho realizado no Brasil com os portadores das doenças. Manfred chegou em Mato Grosso em 1979 e desde então tem trabalhado com portadores da hanseníase e tuberculose, com apoio dos padres franciscanos. Uma das conquistas de Manfred é a construção do Centro de Saúde do Jardim Guanabara, pois na época o tratamento era oferecido apenas em Campo Grande.

Manfred é coordenador da Associação Alemã aos Hansenianos e Tuberculosos – DAHW, e com recursos de doadores alemães oferece acompanhamento em Mato Grosso do Sul, Amazonas, Roraima e Maranhão, além de Mato Grosso.

Leia também:  PRF recupera camionete roubada em Rondonópolis

Göbel afirmou que o tratamento no Brasil está bem desenvolvido, contudo ainda há muito trabalho para ser realizado e que Mato Grosso está entre os Estados com maior índice da doença, sendo 86 para cada 100 mil habitantes, quando a média deveria ser 10 a casa 100 mil pessoas.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.