Está previsto para a próxima segunda-feira (12.11) o início das operações do novo sistema de controle animal do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea), que passa a ser online; integrando assim, todas as unidades do órgão no Estado. O novo software, desenvolvido pelos técnicos do Centro de Processamento de Dados do Estado de Mato Grosso (Cepromat) por meio de parceria entre os dois órgãos, garantirá principalmente agilidade na emissão das Guias de Trânsito Animal (GTAs). Fato que confere mais facilidade ao produtor rural que necessita do documento para a comercialização de animais.

Com o sistema atual o produtor só poderia emitir o documento no escritório do Indea onde estava inscrito. Já a nova ferramenta proporciona a possibilidade de emitir o documento tanto em qualquer unidade do Indea em Mato Grosso como em sua propriedade ou escritório.

Leia também:  Concurso trará tranquilidade e segurança a servidores da Educação, diz governador

 

Extensão

De acordo com o presidente do Indea, Jurandir Ribas, a amplitude do sistema vai além da emissão de GTAs. “A partir desse sistema também vamos formar um banco de dados que irá fornecer informações nos âmbitos estadual, nacional e internacional, o que atende à demanda solicitada pelo Ministério da Agricultura em relação à defesa sanitária do Estado. Esses dados serão migrados para a Plataforma de Gestão Agropecuária, base de acesso exigida pelo mercado internacional para a exportação de produtos do setor”, pontua.

 

Benefícios

Ribas destaca ainda que o crescimento da pecuária em todo o País, a economia que irá gerar para o Estado e o atendimento mais qualitativo aos produtores rurais foram determinantes para a adoção do novo software. “Para nos mantermos competitivos no mercado pecuário precisamos oferecer serviço de qualidade e a tecnologia vem nos ajudando a concretizar essa meta. Com a integração de dados vamos reduzir custos, pois teremos acesso a relatórios em tempo real e assim, remanejaremos os profissionais para atividades-fim, já que não estarão mais resolvendo questões burocráticas, podendo oferecer melhor atendimento direto ao produtor”.

Leia também:  Caminhoneiros bloqueiam rodovias em MT e fazem protesto contra aumento de impostos sobre combustíveis

 

Parcerias

Segundo o presidente do Cepromat, Djalma Soares, a parceria com o Indea só foi possível devido à solicitação do governador Silval Barbosa que determinou a priorização do sistema de atendimento ao produtor rural ainda neste ano. “Nosso trabalho é atender ao Estado na área de tecnologia e este foi mais um desafio que o governador nos passou e que aceitamos, criar um sistema ágil e que facilite a vida dos produtores que vivem nos cantos mais longínquos de Mato Grosso”, ressalta ele.

 

Andamento

Soares conclui informando que esta é a segunda etapa do projeto, que no total possui três fases. “A primeira foi entregue no início de agosto, com a implantação do sistema de controle de madeiras. Já a terceira e última etapa refere-se ao sistema de controle vegetal e de agrotóxicos, abrangendo desse modo, todas as competências do órgão. Os demais produtos encontram-se em desenvolvimento, mas devem ser entregues até o final deste ano”, esclarece.

Leia também:  Estado aumenta valor dos repasses para fundos municipais de Saúde
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.