Um recente estudo realizado por pesquisadores da Harvard Medical School, nos EUA, revelou que os homens com maior acúmulo de gordura abdominal tem maior risco de desenvolver osteoporose quando mais idosos.

A pesquisa revelou que um dos fatores que contribuem para a perda óssea e a diminuição da resistência óssea é a obesidade. Durante a pesquisa 35 pacientes foram avaliados, com idade média de 34 anos e obesidade de grau 2.

“É importante para os homens ter a consciência de que o excesso de gordura da barriga não é apenas um fator de risco para doença cardíaca e diabetes, também é um fator de risco para a doença óssea”, afirma a pesquisadora Miriam Bredella.

Leia também:  O que a dieta tem a ver com a inflamação?

Foi constatado que os homens que tinham o acúmulo de gordura na barriga tinham menor resistência óssea em relação aos outros.

“Nós não fomos surpreendidos pelos nossos resultados que a gordura abdominal é prejudicial para a resistência óssea em homens obesos. O que nos surpreendeu foi que homens obesos com uma grande quantidade de gordura visceral tinham a força óssea significativamente reduzida em comparação com aqueles com IMC similar, mas com pouco acúmulo de gordura na barriga”, conclui Bredella.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.