As 92 detentas da Cadeia Publica Feminina de Rondonópolis receberam na manhã desta sexta-feira (14) um café da manhã que marcou o encerramento da programação de 2012 da equipe da Secretaria Municipal de Saúde, responsável pelas atividades de prevenção e diagnóstico.

A técnica responsável pela Saúde Prisional, Lenir Pereira Gavilan, ressaltou que este ano foi de conquistas para as detentas da unidade, pois passaram a receber regularmente a visita médica na Cadeia Publica e distribuição de medicamento, o que não acontecia anteriormente e havia dificuldade de conseguir escolta das reeducandas até uma unidade de saúde.

Além de proporcionar acompanhamento à saúde das detentas, Lenir afirmou que a iniciativa tem como finalidade elevar a autoestima e mostrar alternativas de trabalho para as reeducandas, para que possam ter uma vida normal depois de cumprirem o período de reclusão.

Leia também:  Sanear passará a cobrar taxa de lixo a partir de outubro

A diretora da unidade prisional, Noraney da Silva Ales, destacou que a parceria foi muito válida, pois traz dignidade e qualidade de vida as reeducandas e espera que para o próximo ano os trabalhos possam ter continuidade.

As atividades contaram também com o apoio do Conselho Municipal de Direito das Mulheres, dos Voluntários da Paz e da Associação Rondonopolitana de Deficientes Visuais (ARDV).[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=NlB4u-n_ZI8[/youtube]

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.