Alexandre Pato está bem perto de ser anunciado como reforços do Corinthians (Foto: Getty Images)

A empolgação de Alexandre Pato em recente conversa com a diretoria do Corinthians foi fundamental para o clube paulista ir adiante nas negociações com o Milan. Perto de anunciar o atacante como reforço para 2012, o Timão caiu nas graças do jogador com as conquistas da Libertadores e do Mundial de Clubes.

Pato, aliás, esteve no Pacaembu na final da Libertadores, na vitória por 2 a 0 sobre o Boca Juniors. E acompanhou as notícias da “invasão” corintiana ao Japão.

– Tive uma primeira conversa com o Pato depois do Mundial. Ele demonstrou total interesse em jogar no Corinthians. Ficou impressionado com a grandeza do clube. O fato de ele ter demonstrado isso nos deixou ainda mais confiantes na negociação – declarou Duílio Monteiro Alves, diretor adjunto de futebol do Corinthians.

Leia também:  Internacional pode ser excluído da Série B após denúncias de documentos falsificados

Faltam poucos detalhes para o Timão anunciar Pato como reforço. Uma nova reunião ocorrerá em São Paulo no início de janeiro para bater o martelo. Até lá, Duílio, que participou da reunião com o vice do Milan, Adriano Galliani, vai detalhar o contrato com o presidente Mário Gobbi e o diretor Roberto de Andrade.

Uma das preocupações do Timão, no início do namoro, era com relação às seguidas lesões de Alexandre Pato no Milan. Mas o departamento médico do Corinthians se municiou de informações para chegar à conclusão de que pode recolocá-lo em alto nível. Chegou até mesmo a ouvir os médicos da CBF.

– Nós temos hoje um departamento médico muito competente, que está acostumado a lidar com grandes jogadores. Nossos profissionais conversaram também com o pessoal da CBF e receberam boas notícias sobre ele. Vamos trabalhar para ele iniciar a pré-temporada conosco – acrescentou Duílio.

Leia também:  União vence e avança na série D

As lesões foram os principais problemas de Pato no Milan. Desde 2007 no clube italiano, o atacante não conseguiu ter um bom rendimento nos últimos anos devido a questões principalmente musculares. Neste temporada (2012/2013 para os europeus), ele esteve em apenas sete de 25 jogos.

Em 2011/2012 foram 18 de 53 partidas. Já em 2010/2011, ele esteve em 32 de 50 partidas do Milan, enquanto em 2009/2010 participou de 30 de 48. Em 2008/2009, sua melhor temporada: 41 de 47. Em seu primeiro ano (2007/2008), Alexandre Pato fez 21 jogos em 27 possíveis.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.