Manoel Carlone de 68 anos de idade morreu na noite de ontem (16) no Pronto Atendimento Municipal de Rondonópolis. De acordo com relatos do filho da vítima ele estava internado na unidade há dois dias e durante a noite ele começou a passar mal. Um enfermeiro chegou a tentar reanima-lo, mas sem um médico no local isto não foi possível.

De acordo com o enfermeiro de plantão que estava responsável pelo PA ele recebeu o plantão às 19 horas e já não havia médico na unidade. Ainda segundo o enfermeiro a vítima sofreu uma parada cardiorrespiratória.

O médico só compareceu no hospital às 20h20min.

O caso será investigado pela Polícia Civil.

Leia também:  Rondopolitano já pagou quase R$ 73 milhões de impostos em 2017
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.