Foto: internet

O ex-cabo da Polícia Militar Hércules Araújo Agostinho é o 15º preso mato-grossense de alta periculosidade transferido nos últimos 3 meses da Penitenciária Central do Estado (PCE) para presídios de segurança máxima do país. Ele foi levado em voo comercial para a Penitenciária Federal de Campo Grande (MS), após passar 1 ano e 7 meses cumprindo pena em Cuiabá. Considerado braço armado de João Arcanjo Ribeiro, o preso é condenado a 209 anos por ter assassinado 15 pessoas, além de tentar contra a vida de outras 3 vítimas.

A transferência de Hércules foi autorizada pelo juiz Adilson Polegato de Freitas no dia 22 de novembro. Inicialmente, o criminoso seria levado para a Penitenciária Federal de Mossoró (RN), porém a defesa de Hércules entrou com pedido para que o ex-policial fosse levado para Rondônia ou Mato Grosso do Sul.

Leia também:  Vítima reage a assalto em residência e termina baleado por suspeito
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.