Foto: internet

Titular da seleção brasileira sob o comando de Mano Menezes, o atacante Hulk terá que batalhar novamente por seu espaço no time canarinho. Com a chegada do técnico Luiz Felipe Scolari, o jogador do Zenit terá que trabalhar dobrado para conquistar um lugar ao sol. Nesta segunda-feira, o goleador comentou a contratação do novo comandante e esperar ganhar a confiança da comissão técnica do time nacional a partir do primeiro amistoso, em fevereiro, contra a Inglaterra, no estádio de Wembley, em Londres.

– Ele é conhecido no mundo todo como um grande treinador pela conquista da Copa do Mundo de 2002. Não muda muita coisa para os jogadores. O segredo é continuar jogando e fazendo o melhor no meu clube. Essa é a fórmula para fazer parte da seleção brasileira.

Leia também:  Federação realiza arbitral após desistências em série

Com Mano Menezes, Hulk vinha sendo titular da seleção brasileira. Além disso, o jogador foi um dos atletas acima dos 23 anos chamados pelo ex-treinador do time canarinho para a disputa das Olimpíadas de Londres. A primeira convocação de Felipão será no dia 23 de janeiro de 2013.

Atacante se diz feliz com momento no Zenit

Após chegada conturbada, quando teve a sua contratação contestada por torcedores e até mesmo colegas de time (a equipe de São Petersburgo pagou cerca de R$ 150 milhões pelo atleta), Hulk afirmou estar feliz no Zenit. Segundo o jogador, ele já está bem adaptado ao futebol russo.

“Estou bem feliz com o meu rendimento agora. Foi importante marcar no clássico. Já estou bem adaptado ao futebol russo e ao meu clube – afirmou o jogador, em entrevista aos jornais da Europa”.

Leia também:  Cuiabá, Sinop e Sorriso lideram ranking estadual de tênis de MT
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.