Foto: internet

Antes de realizar o sorteio dos grupos da Libertadores de 2013, no Paraguai, a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) anunciou algumas mudanças nas regras da próxima edição da competição. A principal novidade é que começará a valer a suspensão automática quando o jogador receber três cartões amarelos.

Até então, a Libertadores era uma das únicas competições do futebol mundial que não tinha suspensão por acúmulo de cartões amarelos. O jogador recebia apenas uma multa de US$ 100 a cada advertência sofrida. Agora, porém, a Conmebol resolveu implantar a punição – segundo a entidade, para “preservar o jogo limpo”.

Apesar da suspensão por um jogo a cada três amarelos recebidos, a Conmebol determinou também que os cartões serão “zerados” ao final da fase de grupos, fazendo com que todos os jogadores entrem nas oitavas de final sem nenhuma advertência acumulada.

Leia também:  União tem estreia contra o Dom Bosco confirmada

Conmebol adia análise do caso entre São Paulo e Tigre

Outra mudança importante anunciada pela Conmebol é que os clubes participantes poderão inscrever mais jogadores para a disputa da competição em 2013, passando o limite de 25 para 30 atletas. Depois do término da fase de grupos e até as quartas de final, será possível fazer três mudanças na lista de inscritos. E, quando a Libertadores for retomada para as semifinais, após a paralisação para a Copa das Confederações em junho, serão permitidas três novas alterações.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.