Mato Grosso termina o ano como vice campeão nacional nas exportações de produtos do agronegócio. Nos 11 meses os negócios com soja, milho, carne e demais produtos com clientes no exterior resultaram em US$ 12,7 bilhões, aumento de 25,8% se comparado a 2011. A participação do agronegócio mato-grossense no acumulado chega a 14,35%. Ano passado, Mato Grosso era o 4 maior exportador. Agora é superado por São Paulo que negociou US$ 18,6 bilhões e supera Paraná  com US$ 12 bilhões), Rio Grande do Sul com US$ 10,1 bilhões  e Minas Gerais, US$ 7,1 bilhões.

O complexo soja é considerado o principal produto mato-grossense exportado com US$ 5,4 bilhões em negócios. O aumento na receita dos embarques é reflexo da produção agrícola deste ano, com recordes na safra e devido a diminuição de produção em outros Estados.

Leia também:  Bernardinho pode disputar governo do Rio de Janeiro

O diretor financeiro da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Nelson Piccoli, avaliou que a produção recorde de milho, que ultrapassou o marco de 15 milhões de toneladas, aliado aos preços recordes que a soja alcançou, são o que impulsionou o resultado estadual. “Tivemos ótimas safras impulsionadas pelo clima que favoreceu o plantio na janela ideal e a colheita”, declarou, através da assessoria.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.