Ruas alagadas na cidade de Kota Bharu, na Malásia, nesta terça-feira (25) (Foto: AFP)

Inundações provocadas por chuvas torrenciais de monções na Malásia forçaram quase 14 mil pessoas a deixarem suas casas e buscarem abrigo em centros de socorro, informou a agência de notícias oficial Bernama nesta quarta-feira (26).

Pancadas de chuva que coincidiram com a maré alta inundaram centenas de casas em três estados do nordeste do país – Terengganu, Pahang e Kelantan – fazendo com que 13.746 pessoas se abrigassem em centros de evacuação, informou, em meio a previsões de mais chuva.

Bernama disse que a situação estava se deteriorando à medida que o número de desabrigados continuava a aumentar e informou que algumas das principais estradas em Pahang estavam fechadas depois que os rios transbordaram.

Leia também:  Cerca de 40 milhões de pessoas ainda são vítimas de escravidão no mundo

Muhammad Helmi Abdullah, diretor do departamento de meteorologia local, alertou que poderia haver mais chuva em Terengganu, Pahang e no estado de Johor, no sul do país, nos próximos dias.

‘Esperamos de chuva intermitente a chuva forte em (algumas partes) dos estados’, disse à AFP.

Muhammad Helmi disse que a temporada de monções no nordeste do país dura até março e que os estados afetados podem sofrer pelo menos mais três episódios de chuvas fortes.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.